Justiça suspende direitos políticos de petista Lindbergh

O petista Lindbergh Farias acaba de tomar um belo revés da Justiça. O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro determinou que a condenação de Lindbergh será mantida. O ex-senador foi acusado de promoção pessoal, por ter usado a logomarca da sua gestão na distribuição de leite quando foi prefeito de Nova iguaçu.

O petista já havia sido condenado em primeira instância, quando o processo tramitou na Comarca do município, mas decidiu recorrer à segunda instância, e novamente perdeu.

Relacionados:  Após decisão do STF, petista Lindbergh é o primeiro beneficiado com mudança de inquérito para Justiça Eleitoral

A decisão da juíza Nathalia Calil Miguel Magluta suspende por quatro anos os direitos políticos de Lindbergh.

Informação dO Antagonista.