Ataques no Ceará já somam quase 400 presos

Sergio Moro e Policiais

A linha dura proposta pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, em consonância com o governo e a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará já começa a dar resultados.

Segundo informações da própria Secretaria, já são 399 presos sob a suspeita de integrarem equipes participantes dos ataques no estado.

Relacionados:  Moro: "Se o resultado das eleições fosse diferente, estaríamos discutindo anistia a criminosos"

Nesta madrugada de sexta para sábado, onde ocorreu o décimo oitavo ataque, criminosos provocaram uma explosão numa ponte em Fortaleza.

Informação dO Antagonista.