Paulo Guedes quer que funcionários públicos com mau desempenho sejam demitidos

O ministro da Economia, Paulo Guedes, entrou de cabeça no projeto de transformar o Brasil. E agora o ministro revelou que a reestruturação das carreiras públicas está em seus planos e de sua equipe.

A principal mudança deverá ser a demissão de funcionários que tenham mau desempenho, exatamente como acontece na iniciativa privada.

Um membro da equipe de Guedes afirmou que “acabar com a estabilidade seria muito desgastante, uma vez que esse é um direito que foi assegurado ao funcionalismo federal e aos estados pela Constituição. Existe uma outra forma de dar maior eficiência ao funcionalismo. Hoje, por exemplo, é muito difícil demitir um servidor por incompetência. Falta uma regulamentação. Quem é demitido acaba conseguindo voltar, depois que entra na Justiça. Isso tem que ser aperfeiçoado e pode ser feito por lei complementar”

Informações dO Globo e do MBLNews

20 Comentários em Paulo Guedes quer que funcionários públicos com mau desempenho sejam demitidos

  1. Chega do Brasil ficar bancando um monte de vagabundo encostado no governo, sem ser incomodado e ganhando sem fazer nada. Precisa ser feito uma limpeza deu tempo da aposdntadoria desligamento automatico. Tem que ter avaliação de qualidade do serviço prestado. Guedes o Brasil espera limpeza no serviços publicos

  2. Concordo plenamente..estamos cansados de ver funcionário público com ares de monotonia, sem empenho como se tivessem carregando uma pesada cruz…deveriam ao menos ter avaliacão de desempenho..a impressão q temos é de q entram no serviço público por causa das regalias entre elas a estabilidade mas depois se frustram no cargo, detestam o que fazem e depois desforram em quem lhes paga o salario…

    • Concordo porque tem posto de saúde que tem mais gente fazendo que trabalha que um se esbarra no outro está na hora de acabar com esta mamata tirar. Fora mandar embora faltam quando querem mais o salário vem no final do mês

    • Para obter empenho dos que se encostam no funcionalismo público.. simplesmente informa aos funcionários que a estatal passará por avaliação de dempenho com meta medida conforme função e capacidade, dependendo do desempenho essa será uma estatal a ser privatizada ou não. O correio é uma estatal que nem foi preciso a avaliação é será a linha de frente para novos tempos das estatais e funcionalismo público.

      • Concordo plenamente com tudo o que foi citado, que deve sim começar a ser feito uma avaliação de desempenho dos funcionários públicos afim que comprovem que estão fazendo seu trabalho de maneira correta . Por outro lado também existe um certo problema que não é mostrado . Nas empresas privadas (de vendas por exemplo ) existem pessoas que vão para os pontos de venda afim de avaliar como esta sendo feito o trabalho dos promotores de vendas que alias ê uma classe que infelizmente não é devidamente valorizada e que alias eu era desta classe. Pode muito bem acontecer desta pessoa que está te avaliando simplesmente por algum motivos que existem apenas na mente dele não ir com sua cara ou seja o santo não bater e começar a dizer que o trabalho do funcionário em questão NÃO ESTA DE ACORDO quando na verdade isso não é a realidade e simplesmente esse avaliador que prejudica-lo sabe-se lá deus porque . E ACREDITEM, ISSO EXISTE PORQUE EU FUI VITIMA DISSO no passado e tenho a certeza que fazia meu trabalho e até mais do que deveria , mas para esse supervisor nunca estava bom. Por isso acredito que este ponto deve ser observado com muito cuidado para que situações como essa que aconteceu comigo dentro da Recktt Benckiser não se repitam

  3. Ele só não pode esquecer de uma coisa: Políticos, Ministros, Secretários, Juízes, Promotores, Desembargadores, Militares e etc são todos funcionários públicos.

  4. O mal do funcionário público é a instabilidade no emprego eles sabem que estão protegidos pela lei, tanto faz desempenhar bem ou não a sua função o emprego está garantido.

  5. Infelizmente isso pode se tornar um meio de demissão dos servidores por não apoiar determinados políticos em período de eleições .
    O pretexto será mal desempenho .
    Isso já acontece com comissionados .
    Vejo isso como forma de curral eleitoral .
    Cuidado Brasil…

  6. Também concordo que seja feita uma boa avaliação, mas não se esqueçam que entre os funcionários públicos, tem os cargos em comissão. São cargos com maiores salários e que são nomeados por políticos. Geralmente ficam na mamata pois sabem que são protegidos pelos padrinhos políticos.Quem irá demiti-los?? ??

    • Com certeza!!! Nunca saem!!!
      Eles perpetuam os bandidos no poder!!!
      Aqui um muquirana chegou a vice prefeito, sem nunca mover uma palha, só colocando milhares de militantes, no serviço PÚBLICO e o cara é da pior especie possível!!!
      Assim que chegou a vice prefeito, como bom comunista que é, foi visitar CUBA…

  7. Então a demissão dele esta´em risco eminente, pq sinceramente, se as bostas q ele ta fazendo com o país é considerado bom desempenho nao sei o q é ruim

  8. Concordo plenamente, inclusive com a Demissão de Políticos eleitos pelo povo que tenha mal desempenho, incluindo Presidente Governador e Prefeito… e Juízes…

  9. MAIS É LÓGICO, TANTO FAZ SER PÚBLICO COMO PRIVADO. SE ISSO JOGADA DA ESQUERDA, CONTRA O JAIR, É PORQUE ELA TODA É INCOMPETENTE E DESEJA VOLTAR AO GOVERNO.

  10. É interessante ler os comentários, cheios de achismos. Pessoas dando opiniões sem o menor conhecimento de regras do serviço público. Nunca estudou as leis mas acha que sabe mais que um juiz de direito. Esse pessoal tem um nome dado pelo Olavo de Carvalho, chama-se “Direita Suicida”. Grande parte dos servidores públicos são comissionados estes não tem e nem podem ter avaliação de desempenho. Mesmo porque podem ser exonerados facilmente por não ter vínculo. Esse ideia de que concursados devem ser demitidos não vem de agora, ela foi implantada pela Esquerda Fabiana justamente para facilitar o aparelhamento do estado e aqueles que se dizem de direita compraram essa ideia, ou seja estão sendo sutilmente usados para continuar sendo consolidado no Brasil a implantação do sociaismo.

Deixe uma resposta