Chanceler de Bolsonaro sobre ditadura da Nicarágua “nenhum representante desse regime será recebido no evento do dia 1°”

O futuro Chanceler Ernesto Araújo declarou que a ditadura comunista da Nicarágua não será bem-vinda na posse de Jair Bolsonaro.

Disse ele: “A posse do PR Bolsonaro marcará o início de um governo com postura firme e clara na defesa da liberdade. Com esse propósito e frente às violações do regime Ortega contra a liberdade do povo da Nicarágua, nenhum representante desse regime será recebido no evento do dia 1°”

A Nicarágua vem sendo palco de decisões autoritárias e anti-liberdades políticas e individuais. Nesta semana uma emissora de televisão foi fechada, e jornalistas foram perseguidos e presos.

1 Comentário em Chanceler de Bolsonaro sobre ditadura da Nicarágua “nenhum representante desse regime será recebido no evento do dia 1°”

Deixe uma resposta