‘Jurista’ consultado pela Folha contra Bolsonaro já foi preso pela PF por corrupção

“Jurista” consultado pelo jornal Folha de S. Paulo sobre o caso de empresas que teriam comprado envio de mensagens por meio de Whatsapp, Guilherme Salles de Gonçalves é investigado pela Polícia Federal e indiciado pelo Ministério Público na operação Custo Brasil, a 18ª fase da Lava Jato. Foi ele, que é advogado da senadora Gleisi Hoffmann, quem disse ao jornal que Bolsonaro poderia ser cassado. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O ‘especialista’ é acusado embolsar mais de R$7 milhões entre 2010 e 2015, por meio de esquema corrupto no Ministério do Planejamento.

O dinheiro sujo foi entregue a Guilherme quando Paulo Bernardo, marido de Gleisi, também preso, era ministro do Planejamento.

O Ministério Público Federal acusa o escritório de Gonçalves, que atuou em campanhas de Gleisi, de integrar esquema de ladroagem.

Fonte: Diário do Poder

Siga-nos no Facebook

7 Comentários em ‘Jurista’ consultado pela Folha contra Bolsonaro já foi preso pela PF por corrupção

  1. Na FOLHA só tem bandidos..por isto que estão falindo..nem pra limpar o bumbum esta porcaria serve porque arranha..nunca quero ler esta porcaria..principalmente agora sabendo que se vendeu ao comunismo..Tem que falir esta droga

  2. ATÉ PARECE QUE ROUBAR É UMA ATITUDE LEGAL EM NOSSO PAÍS. É TRISTE SABER QUE HOMENS PÚBLICOS INTEGRANTE DA CÚPULA DO GOVERNO, A MAIORIA TRABALHAM COM O OBJETIVO DE SUBTRAÍR RECURSOS. E TIRAR VANTAGENS, PARA O SEU BEM ESTAR PESSOAL.

  3. Aparelhamento pela CORRUPÇÃO e constante!!
    Novos rumos, novas oportunidades, renova moral!!!
    Bolsonaro e a esperança de nudancas!!!
    No mais é a certeza do fracasso!

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. ‘Jurista’ consultado pela Folha contra Bolsonaro já foi preso pela PF por corrupção – BRASIL ACONTECE NA POLÍTICA

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.