Acabou a novela. TSE decide que candidatura de Lula é ilegal e barra em definitivo o presidiário

Enfim, a “novela do presidiário” chega ao fim. Lula não é candidato.

Diz o Antagonista:

Com o voto de Admar Gonzaga, o TSE acaba de formar maioria — 4 a 1 — pelo indeferimento do registro da candidatura do presidiário Lula.

Restam os votos de Tarcísio Vieira e da presidente da corte, Rosa Weber.

Na proclamação do resultado, ficará claro se todas as determinações feitas pelo relator, Luís Roberto Barroso, prevalecerão.

Precisamos da sua ajuda. Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta