Supremo deve ignorar documento da ONU favorável a Lula

A Folha de São Paulo informou que quatro ministros do STF, afirmaram que o suposto documento da ONU em favor de Lula deverá ser ignorado pela corte.

Os juízes também afirmaram que a força de declaração do Comitê de Direitos Humanos junto ao Judiciário é a mesma de uma “ata de reunião de condomínio”.

Mesmo assim,  o Partido dos Trabalhadores vai tentar faturar em cima, alegando perseguição, mas que é sabido que a chance de mudança de rumo no Judiciário é praticamente nula, inclusive, por diversos políticos já terem sido impedidos de concorrer eleições pelo mesmo motivo.

Precisamos da sua ajuda. Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta