Favreto, aquele que tentou soltar Lula, ataca Sergio Moro

O desembargador (de plantão) Rogério Favreto, que em julho, tentou usar de artifícios para liberar Lula, buscou novamente os holofotes. Desta vez ele usou o seu espaço de defesa no Conselho Nacional de Justiça, onde é investigado pelo crime de abuso de autoridade, para atacar Sergio Moro e a Polícia Federal.

“Estranhamente, como descrevemos, sua ordem não foi cumprida pela carceragem do ex-presidente, que decidiu consultar o juiz Sergio Moro, alçado a figura mitológica que combate o mal, como se fosse uma autoridade superior. Este ato de desrespeito à ordem judicial por uma autoridade policial deveria ser apurado pela Corregedoria da Policia Federal”.

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta