FHC afirma “eu não teria nenhuma objeção” sobre aliança entre PT e PSDB

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em recente entrevista à Jovem Pan afirmou que “não teria nenhuma objeção” sobre uma aliança entre PT e PSDB num segundo turno, especialmente por saber que o oponente no possível segundo turno será Jair Bolsonaro do PSL, e líder da corrida em todas as pesquisas.

A chapa do PSDB, tem como candidato o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin e como vice a senadora Ana Amélia Lemos do PP, a coligação é composta ainda por mais oito partidos sendo DEM, Solidariedade, PSD, PTB, PR, e PRB, ou seja, boa parte da base aliada do governo Michel Temer, outrora chamada de golpista.

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

3 Comentários em FHC afirma “eu não teria nenhuma objeção” sobre aliança entre PT e PSDB

  1. Claro não teria pois esse verme não tem mais expressão política e quer se aliar a qualquer um que lhe status mesmo que seja luladrao e condenado pela justiça.

    Fora verme FHC você já era

  2. É claro que não teria objeção em se juntar com o seu aliado de longa data, de longas décadas. Você eleitor que não conhece o canalha FHC, acesse o Gogle e digite “Pacto de Princeton”. Nesse documento você entenderá tudo por trás dos bastidores da política. FHC e Lula sempre estiveram juntos e alinhados com o Foro de São Paulo. Uma dica para todos refletirem: ——- > O plano Real do ITAMAR FRANCO e Gustavo Franco e equipe, foi o único plano econômico que deu certo. Equilibrou a economia, acabou com a inflação, inclusive, nesse período pós plano Real, houve deflação real. Foi o melhor plano econômico dos últimos tempos. A pergunta que não quer calar:

    “Porque colocar na presidência do Banco Central um sujeito chamado Armínio Fraga, que atuava como Consultor do George Soros (mega investidor no Brasil) para sepultar o maravilhoso Plano Real?”.

    Na minha opinião esse FHC pilantra deve ter feito algum acordo escuso com o Soros e talvez em conjunto com os banqueiros para destruir o melhor plano econômico que livrou o país do caos com inflação galopante chegando a 3.700% a.a. nos 11 primeiros meses do governo Itamar.

    Para o eleitor que não sabe, a partir de 1999 com o Armínio Fraga no BACEN, a primeira atitude desse barbicha foi desvalorizar a moeda e aumentar de forma absurda a taxa de juros básica SELIC.

    Vocês sabem o resultado dessa política cambial e de juros elevados?

    1. Nunca houve tanto quebra quebra de empresas como visto nesse período .

    2. Nunca houve tantos processos de fusões e incorporações de empresas visto no país.

    3. Os empregos que estavam em alta no mercado de trabalho, começaram a sumir. Esse foi um dos sinais que uma nova crise econômica iria despontar nos governos a seguir e que já estava visível no segundo mandato do FHC (1999 a 2002). Eu recolocava executivos no mercado com certa facilidade. A partir de 2000 comecei a sentir dificuldades com a falta de oportunidades, até chegar no ápice da crise no governo Lula.

    4. Uma prova dessa safadeza é bem visível e todos sabem: O primeiro mandato do FHC foi muito bom, pois ele não mudou as regras do Plano Real.

    Porque mexer em um time que está vencendo?

    ESQUERDA NUNCA MAIS!

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.