Dodge parte pra cima, diz que Lula orquestrou todo esquema na Petrobras e deve continuar preso

Brasília - A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, durante julgamento sobre suspensão da denúncia do ex-PGR Rodrigo Janot contra Temer e integrantes do PMDB (José Cruz/Agência Brasil)

Em parecer encaminhado ao Supremo Tribunal Federal (STF), a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, se manifestou contra um dos pedidos de liberdade feito pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo ela, somente graças à atuação de Lula que o esquema de corrupção na Petrobras, investigado na Operação Lava-Jato, ganhou grandes proporções. O relator, ministro Edson Fachin, liberou o recurso da defesa para análise do plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), mas a data do julgamento ainda não foi marcada.

“Luiz Inácio Lula da Silva, valendo-se do seu cargo assim como da sua posição no cenário político nacional, não apenas orquestrou todo o esquema de arrecadação de propinas oriundas da Petrobras por diversos partidos, como também atuou para que seus efeitos se perpetuassem, nomeando e mantendo em cargos de direção da mencionada empresa estatal pessoas comprometidas com atos de corrupção e que efetivamente se corromperam e se omitiram em seu dever de ofício de impedir o resultado criminoso”, argumentou Dodge.

Depois acrescentou: “Foi somente em razão da atuação de Luiz Inácio Lula da Silva, comprometida com seus interesses particulares, que tal esquema ilícito foi capaz de assumir essas proporções. Ele, conforme exposto à exaustão ao longo da peça, foi responsável diretamente por nomear, para altos cargos da Petrobrás, pessoas sabidamente comprometidas com atividades de corrupção, atuando, ainda, para manter tal situação. Essas circunstancias tornam os crimes cometidos pelo ex-presidente de rara gravidade”, diz trecho do documento da Procuradoria-Geral da República (PGR).”

Ela citou ainda os nomes de alguns diretores da Petrobras nomeados por Lula. “Repise-se: Paulo Roberto Costa, Renato Duque, Nestor Cerveró, todos já condenados por corrupção, foram nomeados Diretores durante o Governo de Luiz Inácio Lula da Silva”, escreveu Dodge.

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.