Em desespero pela falta de ‘recursos’, PT apresentará projeto pela volta do Imposto Sindical

O Fim do Imposto Sindical, aprovado pelo congresso nacional devido a enorme pressão popular, é uma das maiores conquistas já obtidas pelo povo brasileiro.

Em projeto de Lei de autoria do deputado Paulo Martins, o fim do imposto sindical foi incorporado na reforma trabalhista e finalmente o trabalhador se viu livre de sustentar os sindicalistas, que por anos viveram às custas daqueles que geram riqueza, sem nunca produzir nada, apenas greves políticas e manifestações para o PT.

O STF enterrou de vez a pretensão daqueles que lucraram durante anos com o imposto ao decidir na última semana que seu fim é constitucional.

Mas o PT não desiste.

O senador Paulo Paim (PT-RS) revelou a Radio Senado que apresentará um projeto para a volta da contribuição sindical.

O PT não se conforma com o fim da ‘mortadela’. Eles querem que o trabalhador seja obrigado a sustentar os sindicatos, que são a base do projeto de poder petista.

Não conseguirão. O Povo não permitirá que esta excrescência chamada “Imposto Sindical” volte a existir no Brasil.