Patrimônio de Manuela D’Ávila cresceu 382% em 2 anos

Manu

Candidata à prefeitura de Porto Alegre pelo Partido Comunista do Brasil, Manuela D’Ávila, teve o seu patrimônio valorizado em 382% em dois anos. Os dados são em relação aos declarados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) entre 2018 e 2020, destaca reportagem da Revista Oeste.

Quando foi candidata à vice-presidência na chapa de Fernando Haddad, Manuela declarou ao tribunal patrimônio de R$ 94,5 mil. Para as eleições deste ano, ela informou possuir bens no valor de R$ 455,5 mil.

Entre os bens declarados, Manuela afirma possuir pouco mais de R$ 69 mil em livros. De acordo com a declaração, são dois mil exemplares de R$ 34,90 do livro escrito por ela “E se fosse você? Sobrevivendo às redes de ódio e fake news”.

Relacionados:  Deputado do PCdoB afirma que Brasil será humilhado pela Venezuela