ACM Neto diz que DEM se uniria à esquerda “para defender a democracia”

DEM

O presidente do DEM e prefeito de Salvador, ACM Neto, afirmou que poderia se unir a partidos de esquerda caso fosse necessário para “defender a democracia”, destaca a coluna de Guilherme Amado na Época.

Neto declarou que, apesar de vivermos um momento complicado no país, é fundamental adotarmos uma visão otimista. “Sou otimista em relação à democracia, que passou por vários testes nos últimos anos e foi aprovada”, afirmou.

“Para meu partido, a democracia é valor inegociável. Vamos estar ao lado de todos que estejam ao lado da democracia e vamos estar contra todos os que estejam contra a democracia. Se estivermos com PT, PSOL, PCdoB, PDT, para defender a democracia, contem conosco”, disse ele em um debate da Harvard-Brazil Dialogues, que reuniu também partidos de esquerda representados pela presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e do PDT, Carlos Lupi.

Relacionados:  Ana Hickmann detona opositores de Bolsonaro: "Se negam a aceitar a democracia"