Corintianos e palmeirenses trocam empurrões entre si após atos contra Bolsonaro

Gaviões mancha

Torcedores de Corinthians e Palmeiras se desentenderam entre si hoje no fim de um “ato pró-democracia” e contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na avenida Paulista, em Sâo Paulo, destaca o UOL.

Após o término do ato, um grupo de palmeirenses perto do cruzamento das avenidas Paulista e Brigadeiro Luiz Antônio caminhava em direção à estação Brigadeiro do metrô. Atrás deles, um grupo de corintianos acelerou o passo para alcançar os alviverdes e iniciar o confronto.

O encontro das duas torcidas deu início a um bate-boca. Quando os corintianos começavam a dispersar, houve um grito anunciando a suposta presença da Mancha Alviverde, organizada palmeirense.

Não há registro, porém, de que os grupos foram para vias de fato e iniciaram luta corporal.

Relacionados:  Com camiseta da Gaviões, Gleisi participa de aglomeração 'Contra Bolsonaro' na Paulista

Os corintianos então retornaram. Iniciou-se então uma troca de empurrões, enquanto presentes afastados do centro da discussão gritavam “fora Bolsonaro” e “democracia”.

Os torcedores do palmeiras posteriormente embarcaram no metrô Brigadeiro, que depois foi fechado pela segurança da estação, enquanto os corintianos seguiram em direção à região da Consolação, no final da avenida Paulista.