Sergio Moro: “Em 2019, ingressaram mais criminosos nos presídios do que saíram”

Através das redes sociais, O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro destacou dados para explicar a queda da criminalidade no ano passado.

“Seguindo a orientação do presidente Jair Bolsonaro, estamos sendo firmes com o crime organizado, isolando as lideranças em presídios federais. Em 2019, ingressaram mais criminosos nos presídios do que saíram. Em 2018, havia sido o oposto”, disse o ex-juiz da Lava Jato.

Relacionados:  Moro dispara: “Soltar presos por causa do novo coronavírus é oportunismo”

“342 criminosos perigosos foram transferidos aos presídios federais em 2019. Ao final do ano, eram 624, recorde histórico. Pela lei anticrime, todas as conversas com visitantes são gravadas, o que reduz a possibilidade do envio de ordens para a prática de crimes lá fora.”