BNDES financia construção de 12 parques eólicos na Paraíba

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou hoje (2) a aprovação de financiamento no valor de R$ 1,3 bilhão para a empresa Neoenergia, controlada pelo grupo espanhol Iberdrola. Os recursos do empréstimo, que corresponde a 80% do investimento total de R$ 1,6 bilhão, serão aplicados na construção de 12 parques eólicos e no sistema de transmissão associado, na Paraíba, assinala a Agência Brasil.

Os parques aumentarão em 370,8 megawatts (MW) a capacidade instalada de geração de energia no Brasil. Esse volume de megawatts é suficiente para abastecer cerca de 840 mil residências familiares. O projeto envolve um total de 15 parques de geração de energia por meio de ventos, uma das energias mais limpas e o que o Brasil tem grande potencial para explorar.

Os parques eólicos configuram Sociedades de Propósito Específico (SPE), que são controladas pela Força Eólica do Brasil S.A., empresa sob controle da Neoenergia.

Nas fases de construção e operação deverão ser gerados 1,3 mil empregos diretos e indiretos. Os parques estarão localizados em Santa Luzia, São José do Sabugi, São Mamede e Areia de Baraúnas e devem iniciar seu funcionamento em 2022.