Havan registra lucro líquido 27% maior no terceiro trimestre

A gigante do ramo varejista catarinense Havan reportou esta semana um lucro líquido 27,59% maior no terceiro trimestre, para R$ 681 milhões, contra os R$ 534 milhões do mesmo período do ano passado, registra a Revista Forbes.

Embora as despesas tenham aumentado – tanto com pessoal (incremento de 52,44%) quanto com atividades gerais e administrativas (68,14%) -, a rede de lojas de departamentos, que conta com 132 unidades físicas em 16 estados e no Distrito Federal e comércio eletrônico, registrou um incremento de 53,38% na receita operacional líquida sobre o período equivalente de 2018, saindo de R$ 3,5 bilhões para R$ 5,4 bilhões.

O bilionário, Luciano Hang, proprietário da empresa se tornou conhecido por seu apoio ao Presidente Bolsonaro e em críticas ao Partido dos Trabalhadores.

Relacionados:  PT aciona Justiça para proibir faixas que chamam Lula de ‘cachaceiro’ e ‘ladrão’

A Havan fechou o ano passado com faturamento superior a R$ 7 bilhões, um crescimento de 40% em relação a 2017. A meta para 2019, segundo a empresa, era passar dos R$ 10 bilhões. Para isso, anunciou investimentos da ordem de R$ 500 milhões em inovação, ampliação – só este ano, até agora, foram inauguradas 12 lojas –, tecnologia e automação do centro de distribuição localizado em Barra Velha, Santa Catarina.

Fonte: Forbes