Dono da Havan, Luciano Hang é notificado pelo Ministério Público por “uso indevido” da Bandeira Nacional

“O empresário Luciano Hang, da Havan, foi notificado pelo Ministério Público por colocar a bandeira nacional em um cartão de compras que a empresa dá aos clientes, informa a colunista da Folha, Mônica Bergamo. “Expliquei que a distribuição do cartão é gratuita e que fazemos isso como uma forma de patriotismo”, diz Hang, que tenta com isto, estimular o sentimento de amor à pátria no país.

O empresário é questionado por violar a lei sobre a apresentação dos símbolos nacionais. “Vou esperar para ser preso, mas não vou deixar de usar a bandeira”, disse Hang, que já falou com integrantes do governo Bolsonaro para que a lei seja alterada. O empresário é conhecido por ser entusiasta do governo Bolsonaro e defender valores patrióticos e de Direita.

Relacionados:  Aniversário de Moro toma a internet e ministro é parabenizado por apoiadores e internautas