Polícia Federal irá investigar autores de filme que retrata filha de Moro sequestrada

O site O Antagonista informa que Sergio Moro acaba de pedir a abertura de um inquérito na Polícia Federal sobre os responsáveis por um curta-metragem de ficção, exibido no YouTube, no qual sequestradores raptam a filha de Sergio Moro e exigem a libertação de Lula para soltá-la.

Mesmo sendo uma obra de ficção, os autores poderão ser processados por ameaça e apologia ao crime, diz o site.

Entendendo o caso:

Em Um curta metragem intitulado “Operação Lula Livre”, um casal sequestra a filha do juiz Sergio Moro, cujo nome é ligeiramente alterado para “Sergio Mauro”, em troca da libertação do condenado Lula — que aparece como “Luiz Jararaca da Silva”.

A menina veste a camisa amarela da seleção brasileira e é ameaçada com facão.