Pichação no Muro das Lamentações diz ‘Massacrem os judeus’

É inaceitável o ponto que o antissemitismo atinge, atuando de modo aberto e quase sem disfarces pelos inimigos do povo judeu.

É sempre detectado no discurso de esquerdistas militantes. No mundo, alguns músicos que não só boicotam mas que cobram que outros artistas boicotem o estado de Israel, além de claro, no Brasil, termos partidos de esquerda, defensores do socialismo, que já queimaram a bandeira de Israel numa clara atitude que mostra que o lado de lá tem muito mais a ver com as ofensas que fazem a nós.

Relacionados:  Weintraub compara inquérito do STF com perseguição a judeus pelo nazismo

Agora, uma atitude ainda mais infeliz e desnecessária surgiu no Muro das Lamentações, o local mais sagrado do judaísmo. “Massacrem os judeus” diz uma pichação. A suposta autora já foi presa, mas seu nome e idade não foram divulgados.

Relacionados:  Ao lado de Bolsonaro, Netanyahu diz: "Estamos fazendo história"

Com informação do Renova Mídia.