Dilma vai ao STF questionar Bolsonaro

A petista Dilma Rousseff apresentou uma interpelação contra Jair Bolsonaro no STF.

Dilma exige explicações sobre recentes declarações de Bolsonaro em Dallas, ao comentar o assassinato do capitão americano Charles Chandler em 1968.

Disse ele, na época: “Quem até há pouco ocupava o governo teve em sua história suas mãos manchadas de sangue na luta armada, matando inclusive um capitão”.

O capitão Charles Chandler foi vítima de uma emboscada atribuída ao terrorista Carlos Marighela e aos bandos terroristas VPR – Vanguarda Popular Revolucionária – e ALN – Aliança LIbertadora Nacional. A esquerda considerava Chandler um agente da CIA.

Caso Bolsonaro confirme que estava falando de Dilma, poderá ser processado pela petista por injúria, calúnia e difamação, visto que a petista nega ter participado do ato.

Com informação dO Antagonista.