Cantor que apoiou Bolsonaro, Gabriel Diniz tem morte comemorada por esquerdistas

Essa não é a primeira vez que a esquerda mostra que de fato não se importa com ninguém que não esteja do lado canhoto do espectro político.

Se, no começo do ano, esquerdistas comemoraram a tragédia de Brumadinho, justamente pela cidade ter votado majoritariamente em Bolsonaro, agora não seria diferente ou mais humana a recepção no lado de lá.

O cantor Gabriel Diniz que  apoiou e votou em Bolsonaro nas eleições de 2018 teve sua morte comemorada por esquerdistas.

O cantor viajava num avião bimotor que veio a cair nesta segunda-feira. Gabriel ficou conhecido pelo sucesso da canção ‘Jenifer’.

O Presidente Jair Bolsonaro comentou e lamentou a morte de Gabriel: “Recebo com grande pesar a notícia do acidente aéreo ocorrido hoje em Sergipe envolvendo o jovem e talentoso cantor Gabriel Diniz e outros 2 ocupantes. Meus sinceros sentimentos às famílias das vítimas. Que Deus receba essas vidas de braços abertos e conforte os corações de todos”.

 

 

8 Comentários em Cantor que apoiou Bolsonaro, Gabriel Diniz tem morte comemorada por esquerdistas

  1. Do mesmo jeito que tem esquerda tosca também tem direita tosca. Eu não apoiou o governo do BoZo e sinto muito pela morte de um ser humano tão jovem. Achei essa matéria desnecessária.

      • Do sue a esquerda é feita? Pelo que eu saiba aqui só amostraram um comentário e os milhares(de direita) que comemoraram a morte do neto do Lula ou da Dona Marisa

    • Deplorável estas atitudes, assim como foram as da família Bolsonaro e apoiadores, quando comemoraram a morte do neto de Lula, que era apenas uma criança e o mesmo se deu com a morte de Marisa Letícia.
      Olhar para o próprio rabo não faz mal algum.

Deixe uma resposta