Moro derrota a oposição e sai fortalecido novamente

O ministro Sergio Moro desempenhou, novamente, um excelente papel. Dessa vez na CCJ da Câmara, o ministro da Justiça esbanjou confiança e educação. Esteve tranquilo o tempo todo e enquadrou os opositores que sem argumentos partiram para as ofensas, como por exemplo o deputado do PSOL Glauber Braga, que ao atacar Moro com ofensas, causou o fim da sessão.

A coluna de Dora Kramer, na Veja, explica o resultado da sessão: “Para Moro, afora a perda de tempo e de mais um dia de trabalho, foi um ganho. Ganhou na manutenção da fleuma em comparação ao destempero geral, teve a oportunidade de dizer umas verdades a gente cuja cobrança por condutas éticas é no mínimo questionável e saiu ileso no tocante a esclarecimentos devidos a respeito da natureza dos diálogos com procuradores”.

Relacionados:  Em Portugal, Moro defende Pacote Anticrime

E ela continua: “Já os deputados perderam ao promover um espetáculo mambembe, inútil para o desdobramento do caso em si e, sobretudo, deletério para um Congresso que busca sua recuperação junto à opinião pública sendo mais ativo, autônomo e sensível às demandas da sociedade”.

Ou seja, contra Moro, a esquerda não tem a mínima chance!

Com informação da Veja.