Em prantos, professora denuncia perseguição por não apoiar o PT em escola

Uma professora, não identificada, talvez por motivos óbvios, relatou um caso bastante perturbador na educação brasileira.

No vídeo, ela denuncia o fato de estar sendo perseguida, além de ter sido humilhada por colegas de trabalho e sindicalistas após se negar a falar sobre o Partido dos Trabalhadores em sala de aula.

A professora ainda explica que, por conta das perseguições que seguiram ocorrendo por 4 anos, ela chegou a passar necessidades e dependeu de amigos para sobreviver. Um fato bastante chocante é o fato de uma de suas colega estar constantemente carregando uma pasta com materiais do partido, porém impossibilitada de fazer reclamações na escola ela se calou até a exaustão, foi quando decidiu processar a colega e ganhou a ação.

Assista:

6 Comentários em Em prantos, professora denuncia perseguição por não apoiar o PT em escola

  1. Isso é uma vergonha para a educação brasileira. Graças a Deus nos livramos dessa doença chamada PT. Essa professora deve processar todos esses canalhas esquerdopatas por assédio moral, constrangimento, entre outras coisas. Agora o nosso presidente se chama Jair Messias Bolsonaro e se Deus quiser ele será por longos oito anos e depois dele virá um sucessor que ele indicar pq PT ou esquerdalha, nunca mais, com a graça de Deus 🙏🏻

  2. Triste situação!!!Sempre foi assim disfarçadamente nesses últimos anos!!!A punição era não ganhar promoções mesmo que sua competência era comprovada colocavam qualquer amiguinho…
    !

  3. Gente, isto é um absurdo! O Escola sem partido precisa ser aprovado urgentemente! E não caiam nas mentiras da esquerda: é sem partido mesmo – não falar em sala de aula nem da esquerda e nem da direita. Usar a sala de aula para dar matéria. Preciso de professor para ensinar matéria, conteúdo. Não quero o tal do educador. Meus filhos – EU EDUCO!!! Meus filhos, minha família, meus VALORES!!!!

  4. Tenho comigo de que o Lula foi o presidente que mais criou “Universidades” neste país, mais que o próprio Dr Darcy Ribeiro (grande educador) mas o primeiro que não sabe nem o significado da palavra educação foi por um motivo óbvio -fazer ninho pros apoiadores- o segundo sim porque acreditava na educação, no ensino!!! Tá aí a diferença, não caiam nas lorotinhas de que “nunca na história desse país se fez tanto pela educação”, conversinha pra boi dormir!!!!

Deixe uma resposta