Taís Araújo ainda não se desculpou por ter propagado a história falsa da professora Joana D’Arc

Certamente o filme que contará a história da brasileira Joana D’arc. No entanto, os motivos não são de forma alguma relacionados ao filme em si, e sim à polêmicas envolvidas.

Primeiro, Taís Araújo decidiu não ser Joana nas telas devido a uma diferença no tom de pele…

Depois, conforme veio à tona o fato de que o diploma de pós-doutorado de Joana em Harvard era falso, novamente o filme que ainda nem começou a ser produzido já estampou as manchetes.

Conforme informou Fabíola Reipert, dA Hora da Venenosa do Balanço Geral da Record, Taís Araújo teria apagado as postagens em referência a Joana.

O diretor Alê Braga, em entrevista para a Folha de São Paulo, afirmou que o próximo passo, no entanto, será dado com cautela: “Ainda é muito prematuro falar. Não tivemos gastos oficiais com o filme, tirando a nossa dedicação pessoal. Com isso, não saímos contratando pesquisadores, não fizemos essa pesquisa mais fina. Se ela é ou não formada em Harvard, estávamos confiando até o momento no Currículo Lattes dela, que é público, assim como nas informações de prêmios que ela ganhou. Mas estamos esperando ouvir a versão dela para a partir daí a gente poder pensar o que acontece de agora em diante”.

Com informações da Folha de São Paulo, O TV Foco e Balanço Geral.