Estadão se retrata após divulgar ‘fake news’ contra Bolsonaro

O jornal Estadão precisou adicionar uma correção a uma informação que havia sido repassada pelo site.

No dia 19, sexta-feira, o jornal declarou que uma menina, em um vídeo, havia se recusado a cumprimentar o presidente durante um evento, mas o que aconteceu foi bem diferente.

Na própria correção postada, a redação esclarece a verdadeira situação: “O Estado teve acesso por meio de uma fonte do governo ao vídeo com legenda onde é possível ouvir o presidente perguntando às crianças se elas eram palmeirenses. É nesse contexto que a menina faz sinal de negativo para o presidente. ”

Justiça foi feita.

Com informação do Estadão.

6 Comentários em Estadão se retrata após divulgar ‘fake news’ contra Bolsonaro

  1. Ué? Não vi o Estadão esclarecer à população que não se tratou de um erro, Mas de uma descarada criação de fake news! Quando a grande imprensa fica desesperada pra manchar a honra de um homem, já está em total descrédito, mas quando está forjando descaradamente, aí, já está a serviço da máfia de corruptos! Eles tem diversos revisores de conteúdo pra verificar as informações antes de publicar, se ainda assim publicam uma notícia falsa, sempre será intencional. Eles não erram tão fraudulentamente assim, pois teriam corrigido facilmente, bastava ter assistido o vídeo, e podem ter certeza, assistiram e mesmo assim se dispuseram a passar vergonha. Não passou batido e nós estaremos sempre de olho!

  2. SÃO ESCROTOS, E NÃO PERDEM OPORTUNIDADE, PORQUE COMO OS FARIZEUS VIGIAVAM JESUS, VIGIAM O PRESIDENTE VINTE E QUATRO HORAS, TENTANDO PEGÁ-LO EM ALGUMA FALHA; MAS, A CADA DIA, VÃO PERDENDO MAIS E MAIS A CREDIBILIDADE!

  3. Para CANCELAR a sua assinatura:
    Central de Soluções – Estadão
    Fone: 55 (11) – 4003-5323 / 0800-0147720
    Portal do Assinante: assinante.estadao.com.br
    E-mail ou chat: assinante.estadao.com.br/formulario-contato

Deixe uma resposta