Ciro tem dez dias para explicar declaração antissemita

Conforme informado pelo República de Curitiba, Ciro Gomes fez uma declaração que desagradou bastante os judeus que vivem no Brasil, e a Confederação Israelita decidiu processa-lo.

“Agora Bolsonaro diz aos grupos de interesse o que eles querem ouvir. Por exemplo, para os amigos dele aí, esses corruptos da comunidade judaica, que acham que, porque são da comunidade judaica, têm direito de ser corrupto” disse o político cearense.

Agora, conforme a informação anterior, a Confederação Israelita enviou uma notificação extrajudicial pedindo que Ciro explique a declaração ofensiva. O prazo para a explicação é de 10 dias.

Com informação dO Antagonista.