Preso longe de Suzano, pai perde enterro de vítima por falta de escolta

O pai de Douglas Murilo, vitimado no massacre de Suzano, que cumpre pena a 650 km de Suzano, não pode comparecer ao enterro do filho por falta de escolta e de transporte.

Douglas Leandro, que não via o filho há mais de nove anos, precisaria de escolta e transporte, para as quase 8 horas de viagem até o cemitério Colina dos Ipês, em Suzano. Segundo informação do UOL, a Secretaria de Administração Penitenciária de São Paulo chegou a autorizar a saída de Douglas Leandro, mas a “escolta não foi realizada por falta de condições operacionais”.

Quem sabe, se Douglas Leandro tivesse roubado bilhões da Petrobras, ele poderia ter sido levado com luxo e conforto até o enterro. Quem sabe até poderia ter transformado a cerimônia em “festa” ou comício. Mas ao que parece, não somos todos iguais, e uns são mais iguais que outros.

Com informações do UOL e da Istoé.

3 Comentários em Preso longe de Suzano, pai perde enterro de vítima por falta de escolta

  1. E POR ACASO ALGUEM NO JUDICIARIO BRASILEIRO SE PREOCUPA COM LADRÃO
    PÉ DE CHINELO, PRA TER DIREITO A MORDOMIAS, VOAR DE JATINHO, LIMOUSINE
    E HELICOPTERO É COISA PRA GENTE ESPECIAL QUE ROUBA BILHÕES.

  2. Fiquei muito arrependido até hoje de não ter terminado o Bacharelado de Direito, era um dos melhores alunos, mas tive dois motivos muito fortes, o primeiro “falta de dinheiro” o segundo, porque quando comecei a estudar a constituição há mais de 10 anos atrás já havia notado a MERDA QUE É, agora é que os juristas estão percebendo e se dizem “notáveis do saber jurídico”, imaginem só por um momento o que PENSO deles. O lularapio pode vir de Curitiba para cá numa boa, porque foi presidente, alem disso, esta preso na Propriá Policia Federal com todas as mordomias ao invés de estar num presidio comum que seria o CORRETO, o outro camarada preso não puderam traze-lo porque são 650 kms de distancia, ou será porque não ROUBOU O SUFICIENTE e não pode INDICAR a quadrilha que existe no Judiciário para protege-lo como o fez o ex presidente. Se fora do Brasil tomarem conhecimento de todas estas merdas, COM CERTEZA DARÃO ALTAS GARGALHADAS e não vão acreditar que o BOLSONARO vai conseguir fazer o que pretende, eu já NÃO ACREDITO e como descendente de Alemães, tenho certeza que por lá também não. BRASIL ESTA LONGE, MUITO LONGE DE SER UM PAIS SÉRIO.

    • Alfredo, o brasil está muito longe de ser um país, meu amigo… antes de virar um país sério, ele primeiro precisa virar um país. O que somos hoje é um amontoado de gente invejosa e insensível.

Deixe uma resposta