Jornalista faz alerta a futuros ministros de Bolsonaro “a esquerda já os identificou como inimigos”

O experiente jornalista J R Guzzo, sempre perceptivo e afiado em suas críticas resolveu fazer um alerta aos ministros de Bolsonaro.

Guzzo utilizou seu Twitter para explicar que os ministros precisam estar preparados para as críticas que virão da esquerda, e claro, da mídia, e que cada vez que forem alvo de difamações será o sinal de que estão do lado certo.

“Os ministros do Exterior, do Ambiente e da Justiça têm de colocar uma coisa simples na cabeça: a esquerda já identificou neles os seus inimigos mais perigosos, pois são os que mais podem mudar o Brasil hoje. Cada tiro que levarem será a prova de que estão fazendo a coisa certa.”

4 Comentários em Jornalista faz alerta a futuros ministros de Bolsonaro “a esquerda já os identificou como inimigos”

  1. A identificação dos esquerdistas ora ventilada pelo jornalista não tem novidade nenhuma, eu mesmo um simplório cidadão já havia observado e percebido esta situação, mormente a partir do STF e dos Congressistas que ainda estão vigentes em suas cadeiras, já estão deixando um legado deplorável de dividas para o Bolsonaro e leis absurdas para prejudicá-lo alem dos ataques absurdos que fazem com mentiras deslavadas próprias de comunistas, porque só assim conseguem ser vistos e consequentemente obter uma cadeira no Poder para depois massacrar a população abestada que neles depositou créditos. Mas, politica suja aqui no Brasil sempre foi assim pois não existe punição para propaganda enganosa de candidatos e pior, existe a imunidade parlamentar a que tudo permite sem nenhum limite.

  2. O interessante é que o presidente Bolsonaro e seus ministros, também já identificaram, na esquerda, seus maiores inimigos. Nessa queda de braços, quem será o vencedor???

  3. Poxa, a esquerda já atentou contra a vida do nosso presidente. Acho que essa notícia está estilo Rubens Barrichello. Já identificaram o governo Bolsonaro como inimigo desde quando a possibilidade real de ameaça ao establishment começou a se materializar.

Deixe uma resposta