General afirma que Marco Aurélio “não é ministro, é comparsa de criminoso”

O General Paulo Chagas, compartilhando da indignação que se abateu sobre o Brasil nesta tarde de quarta-feira, fez duras críticas ao ministro Marco Aurélio.

Diz ele: “Repito! MINISTRO que solta CRIMINOSO condenado não é ministro É COMPARSA! MARCO AURELIO MELLO demonstra ao Brasil e ao mundo que é conivente com o crime! O respeito ao STF depende da atitude dos demais ministros.”

E continuou: “QUADRILHA!!! O tempo decorrido entre a difusão da liminar do Sr Marco Aurélio e o pedido de soltura de Lula por seus advogados sugere a existência do agravante de conluio.”

O general ainda afirmou que “Dias Toffoli tem a melhor oportunidade da vida dele para justificar a sua nomeação para a mais alta corte da magistratura brasileira, mesmo sem ter tido mérito para integrar a sua primeira instância”.

Agora, como disse o General, só podemos esperar que Dias Toffoli queria mostrar que, ao contrário de Marco Aurélio, não é um lacaio do PT.