Derrotado nas urnas, Requião pode deixar MDB para entrar no PT

Após ter sido derrotado diversas vezes nas últimas três eleições, Roberto Requião ficará sem mandato, e poderia ter aproveitado o momento para declarar sua aposentadoria.

No entanto, após deixar o sobrinho João Arruda no comando do MDB do Paraná, abrindo mão da legenda após 38 anos, o futuro ex-senador decidiu não jogar a toalha por completo.

Uma das possibilidades para o futuro de Requião é a filiação ao PT, legenda comandada em teoria por Gleisi Hoffmann, e na prática por Lula, direto da cadeia.

Requião é tão próximo da cúpula petista que foi cogitado como vice de Lula antes da sigla se decidir por Fernando Haddad. Nas eleições de 2018, no entanto, Requião apoiou o candidato Ciro Gomes no primeiro turno.

Informações do Blog do Esmael.

Precisamos da sua ajuda. Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

2 Comentários em Derrotado nas urnas, Requião pode deixar MDB para entrar no PT

Deixe uma resposta