Ministro de Bolsonaro detona “não há lugar para Maduro na posse de Bolsonaro”

O futuro Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, declarou em seu Twitter que seria uma imensa falta de respeito com o povo venezuelano, escorraçado de sua própria pátria, convidar o ditador Nicolás Maduro para a posse de Jair Bolsonaro.

Ernesto ainda fez um apelo, declarando que todos os países do mundo deveriam deixar de apoiar o regime ditatorial de Maduro num esforço para libertar a Venezuela.

Disse ele: “Em respeito ao povo venezuelano, não convidamos Nicolás Maduro para a posse do PR Bolsonaro. Não há lugar para Maduro numa celebração da democracia e do triunfo da vontade popular brasileira. Todos os países do mundo devem deixar de apoiá-lo e unir-se para libertar a Venezuela”.

Precisamos da sua ajuda. Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

1 Comentário em Ministro de Bolsonaro detona “não há lugar para Maduro na posse de Bolsonaro”

  1. Parabéns ao nosso próximo Min. das Rel. Exteriores. Assim devem ser tratados todos os comunas, socialistas do caviar. O povo se fu…. e eles num mar de rosas.

Deixe uma resposta