Projetos aprovados no Congresso após eleições custarão R$ 41 bilhões para Bolsonaro

Bolsonaro recebera uma fatura de 41 milhões de reais para pagar logo no início do mandato.

A soma astronômica é em referência aos projetos aprovados após as eleições pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal.

Para se ter ideia, algumas das medidas aprovadas foram “aumento salarial para o STF, benefícios para montadoras, reajuste para agentes comunitários de saúde, extensão de benefícios para empresas instaladas em áreas do Norte, Nordeste e Centro-Oeste, além de benefícios para a Cemig” conforme relata O Antagonista.

Precisamos da sua ajuda. Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

1 Comentário em Projetos aprovados no Congresso após eleições custarão R$ 41 bilhões para Bolsonaro

Deixe uma resposta