Justiça ordena rastreamento de movimentações financeiras de sobrinho de Lula

A 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília, por meio de decisão do juiz Vallisney de Oliveira, ordenou que Taiguara Rodrigues, sobrinho de Lula, tenha suas movimentações financeiras rastreadas.

O MPF fez o pedido com base no processo em que Lula e Taiguara são réus por formação de organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção e tráfico de influência.

Lula usaria seu poder e influência para conseguir empréstimos para a Odebrecht diretamente do BNDES, enquanto a empreiteira contrataria a empresa de Taiguara, a Exergia.

Fonte: O Antagonista.