Paulo Martins propõe rever a ‘progressão’ de pena: “Bandido tem que ficar preso”

O jornalista e candidato a deputado federal Paulo Martins foi bastante crítico em relação à progressão de pena. Atualmente a legislação brasileira permite que o condenado fique preso apenas por 1/6 da pena, sendo liberado para o convívio social e livre para reincidir criminalmente.

Paulo afirmou enfático “bom comportamento tem que ter aqui fora”, pois a medida coloca em risco aqueles que se comportam de maneira adequada socialmente e são prejudicados diante de medidas como esta.

Paulo ainda encerrou dizendo que não é contrário à progressão de pena, mas afirmou que “tem que ser pelo 60% da pena”.

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.