Ministério Público determina inquérito policial contra Ciro Gomes por injúria racial

Após as declarações racistas proferidas pelo pré-candidato à Presidência Ciro Gomes contra o vereador paulistano Fernando Holiday, durante uma entrevista da Rádio Jovem Pan no dia 18 de junho, quando Ciro se referiu a Holiday como “capitãozinho do mato”, abriu-se um inquérito, por meio do ofício 482/2018, encaminhado pelo Ministério Público do Estado de São Paulo ao Departamento da Polícia Civil da Capital, para a instauração de um inquérito policial pelo delito de injúria racial.

Ciro Gomes deverá responder por suas palavras criminosas que ofenderam, sem nenhuma justificativa, o vereador. Na ocasião, a jornalista Vera Magalhães, que entrevistava o presidenciável, apontou que Holiday sequer havia sido citado ou tinha qualquer relação com o tema questionado, portando não fazia sentido as ofensas distribuídas por Ciro Gomes. Ele ignorou o fato e continuou atacando o jovem.

As informações são do BR18.

 

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta