Toffoli diz que associar foro privilegiado a impunidade é ‘lenda urbana’; veja o vídeo

Em novembro do ano passado, o ex-advogado do PT, Toffoli pediu vista e interrompeu a análise da ação, retomada ontem. Depois de quase duas horas, o julgamento foi suspenso para intervalo, por volta das 16h10. O placar está 8 a 0 pela restrição. Além dele, ainda faltam votar os ministros Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski.

Apesar de se dizer contrário à restrição do chamado foro privilegiado, em julgamento no STF (Supremo Tribunal Federal), o ministro Dias Toffoli indicou nesta quarta-feira (2) que vai acompanhar o voto do ministro Alexandre de Moraes, para que a prerrogativa seja aplicada apenas para crimes cometidos após a diplomação de deputados federais e senadores no cargo. Uma medida ‘paleativa’.

Apesar de Toffoli falar em ‘lenda urbana’. Os números mostram que o Foro Privilegiado está associado sim a impunidade.

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.