Bretas dá a volta em Gilmar Mendes e manda Sergio Cabral para presidio de Bangu

O ex-governador Sérgio Cabral, homem que usou e abusou das farras com o dinheiro público e que tem enorme responsabilidade pela atual situação do Rio de Janeiro, mesmo na condição de presidiário, conseguia um tratamento extremamente diferenciado no presídio de Benfica.

O juiz Marcelo Bretas tentou acabar com essas regalias, determinando a sua transferência para o presídio federal de Campo Grande (MS).

O ministro Gilmar Mendes não permitiu e acatou recurso da defesa de Cabral, mantendo-o no aconchegante presídio de Benfica.

Algum tempo passado e com a continuação das denúncias sobre as benesses de Cabral, como ele é réu também em Curitiba, o juiz Sérgio Moro determinou a sua transferência para a capital paranaense.

Na época, Gilmar estava de férias e não teve quem socorresse o ex-governador, que acabou sendo transferido.

Tão logo retornou das férias, Gilmar já tinha em sua mesa um novo recurso de Cabral, pedindo o seu retorno para o Rio.

Prestativo, novamente Gilmar deferiu em favor de Cabral.

Todavia, como a nova decisão não explicitava o presídio, Bretas deu a volta em Gilmar e mandou Cabral para Bangu 8.

No novo espaço, Cabral não tem qualquer regalia e é tratado como preso comum, em condições bem mais duras do que em Curitiba.

(Com informações do Jornal da Cidade Online)

Siga-nos no Facebook

3 Comentários em Bretas dá a volta em Gilmar Mendes e manda Sergio Cabral para presidio de Bangu

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.