MST quer Maracanã “emprestado” para ato a favor de Lula. Eles querem defender a participação de Fichas Sujas nas eleições.

João Pedro Stédile, líder do bando ligado ao PT, também conhecido como MST, procurou Luiz Fernando Pezão, o atual governador do Rio de Janeiro para pedir as chaves do Maracanã para realizar uma grande manifestação pró-Lula. O MST, assim como outros movimentos, querem garantir a participação de fichas sujas nas próximas eleições.

O Blog Radar da Veja publicou:

“Stédile solicitou as chaves do Maracanã para que os principais movimentos sociais do país realizarem uma manifestação em junho ou julho.

Pezão alertou o interlocutor desinformado que o estádio saiu do guarda-chuva do estado para as mãos de um grupo que é parceiro de Lula há anos, a Odebrecht.”

Stédile – o líder do MST – já ameaçou diversas vezes a democracia brasileira; recentemente afirmou que não permitira que a Justiça prendesse Lula, caso condenado.

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.