Alexandre de Moraes diz que prisão de Daniel Silveira foi ‘marco no combate ao extremismo’

Moraes

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta segunda-feira (22) que a prisão em flagrante do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) na última terça-feira (16) foi um “marco no combate ao extremismo”, destaca o Portal G1.

A prisão foi a mando de Moraes depois que o parlamentar divulgou um vídeo no qual tece elogios ao AI-5 e o fechamento do STF. Por 364 votos a 130, a Câmara decidiu manter Silveira na cadeia.

Segundo o ministro, as redes sociais não podem ser um espaço caracterizado como “terra de ninguém”, isto é, que não tenha regras definidas.

“Nós não podemos mais aceitar, não podemos mais deixar que as redes sociais sejam terra de ninguém, porque os discursos de ódio manipulando as pessoas, os discursos antidemocráticos vêm manipulando as pessoas e a corrosão à democracia é algo extremamente perigoso”, afirmou o ministro durante vídeoconferência sobre as eleições de 2022 e a desinformação no Brasil, promovida pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O artigo Alexandre de Moraes diz que prisão de Daniel Silveira foi ‘marco no combate ao extremismo’ foi publicado originalmente em Folha da República.