Industria bate novo recorde de crescimento no mês de setembro

Industria Guedes

De acordo com o IHS Markit, o Índice de Gerentes de Compras (PMI, sigla em inglês) apontou para o crescimento da indústria no Brasil em 64,9 pontos em setembro. O registro foi o maior da história na avaliação, que teve início em 2006. O recorde histórico teve alta pelo terceiro mês seguido. Em julho foi registrado 58,2 e em agosto a pontuação chegou a 64,7, destaca o Terra.

Como motivos para a sequência positiva, a Pollyanna De Lima, a diretora associada de economia do IHS Markit, indicou as medidas brandas tomadas durante a pandemia e o valor do real em comparação ao dólar como determinantes para o resultado.

“Várias empresas sugeriram que as restrições mais brandas contra a Covid-19 as ajudaram a garantir um número positivo de novas encomendas, com a depreciação do real contra o dólar sustentando a primeira alta nas exportações em mais de um ano”, afirma.

Relacionados:  Faturamento da indústria cresce pelo quarto mês consecutivo

Como motivos para a subida do índice sobre a indústria, a empresa cita a melhora no estoque de insumos, os índices de emprego e a alta nos prazos médios de entrega.

Por outro lado, mesmo que o nível de produção tenha crescido, houve aumento dos pedidos em atraso. Os problemas relatados foram as dificuldades dos fornecedores e a falta de materiais.