“Partido Comunista Chinês mentiu sobre coronavírus”, diz senador americano

Senador americano coronavírus

O senador republicano Ben Sasseclassificou, nesta quarta-feira (1º), os números divulgados pela China em meio à pandemia do novo coronavírus como “propaganda de lixo”, detaca o portal Renovamídia

Em um comunicado, o senador afirmou:

“A alegação de que os Estados Unidos têm mais mortes por coronavírus do que a China é falsa.”

“Sem comentar nenhuma informação confidencial, isso tudo é dolorosamente óbvio: o Partido Comunista Chinês mentiu, está mentindo e continuará mentindo sobre o coronavírus para proteger o regime.”

A polêmica em torno da transparência de Pequim aumentou de intensidade após a agência Bloomberg vazar nesta quarta detalhes de um relatório da Inteligência dos Estados Unidos.

Relacionados:  Bradesco, Itaú e Santander vão doar 5 milhões de testes de covid-19 e equipamentos ao Brasil

Após a divulgação da reportagem, republicanos no Congresso expressaram indignação por Pequim aparentemente ter enganado a comunidade internacional sobre infecções e mortes em território chinês que começaram no final de 2019, na cidade de Wuhan.