Lula: “Ou Bolsonaro renuncia, ou fazem o impeachment dele!”

Lula e Bolsonaro

Na noite desta quarta-feira (25), o ex-presidente Lula (PT), condenado por corrupção e lavagem de dinheiro disse ver Bolsonaro atingindo um limite.

“Ou esse cidadão renuncia, ou faz o impeachment dele, porque não é possível que alguém seja tão irresponsável de brincar com a vida de milhões de pessoas”, afirmou Lula em bate-papo com Fernando Haddad.

Lula se disse “assustado” e vê o atual presidente querer armar uma “guerra política” por questionar o confinamento em massa e paralisação total da economia.

“Eu fiquei assustado, porque o papel de um governante é orientar a sociedade. Tentar orientar baseado em informações científicas. O presidente tem o Ministério da Saúde, que tem dado determinada orientação. Para minha surpresa, o presidente aparece ontem na televisão, de forma intempestiva, fazendo uma guerra política contra a sociedade brasileira, contra governadores, contra prefeitos, que estão tentando acatar as orientações dadas pelo próprio Ministério da Saúde, subordinado ao presidente da República”, afirmou o ex-presidente que foi preso por corrupção.

Relacionados:  Bolsonaro sobre Doria: “É o governador gravatinha de São Paulo fazendo politicalha em cima de mortos”

“Eu fico imaginando se é esse o papel de um presidente da República. Seria mais correto que ele tivesse convocado uma reunião com os governadores de estados, com secretários da Saúde, juntado seu ministério, dado orientação única para que o Brasil pudesse agir de forma coesa. Para mim, parecia uma preocupação eminentemente política e eleitoral. Ele não está pensando no povo brasileiro, não está pensando no coronavírus, ele está pensando nele”, afirmou o petista.