Mujica defende a legalização da Cocaína

Em entrevista à emissora mexicana Televisa, o ex-presidente do Uruguai, Mujica, defendeu a liberação da cocaína para a população. Em seu mandato, o Uruguai legalizou o consumo da maconha. “Deveríamos ter a coragem de legalizar o consumo de cocaína, registrar os consumidores e identificá-los”, afirmou o ex-presidente de esquerda que hoje tem 84 anos. “E aí vamos ter um problema médico, mas, no lugar de gastar em aparatos de repressão, vamos gastar com enfermeiros. (…) Mas para isto tem que haver muita coragem política”, completou reclamando dos gastos do governo com combate aos traficantes.

Mujica foi questionado sobre a situação do Uruguai após a legalização do consumo de maconha. “Eu acho ridículo prender um menino por fumar um cigarro. Eu não recomendo nenhuma droga, pelo contrário”, respondeu. “Por que existe o narcotráfico? Por dois motivos: porque existem consumidores e porque proibimos o consumo”, continuou. “E ao proibir, o transformamos em um negócio fantástico, porque tudo que é proibido custa muito mais.”, alegou Mujica, defendendo tornar legalizada a Cocaína para a população.

Relacionados:  “Não deviam entrar na frente do blindado”, diz Mujica sobre manifestantes na Venezuela

Fonte: VEJA!