Moro: “Pode ficar com meu Foro Privilegiado, não faço parte de organização criminosa”

O ministro Sergio Moro esteve nesta terça-feira na CCJ da Câmara.

Em certa altura, um deputado da oposição fez menção ao Foro privilegiado de Moro.

O ministro, então, calmamente respondeu: “Pode ficar com meu Foro Privilegiado, se for o caso, eu não to sendo investigado, nem compus uma organização criminosa”.

Relacionados:  Sergio Moro manda recado: "Eu vejo, eu ouço. Lava Jato, projeto anticrime, previdência, reforma, mudança, futuro."