Damares decidirá sobre indenização milionária requerida por Dilma

Para o azar da petista Dilma Rousseff, a decisão sobre o pedido de indenização milionário referente à Lei de Anistia será tomada pela ministra Damares Alves.

A Lei, criada em 2002 no fim do governo FHC, prevê indenizações para pessoas que tenham sido torturadas pelo regime militar.

Os pedidos passam pela Comissão de Anistia, que elabora pareceres favoráveis ou contrários, e a decisão final fica a cargo do Ministério dos Direitos Humanos.

Relacionados:  Venezuela e Cuba oficializam calote de R$ 4 bilhões no BNDES, mais um descalabro da era PT

Além do pedido de Dilma, Damares está realizando um pente-fino em todos os outros requerimentos indenizatórios de anistia concedidos pelo PT.

Informação dO Antagonista