Damares decidirá sobre indenização milionária requerida por Dilma

Para o azar da petista Dilma Rousseff, a decisão sobre o pedido de indenização milionário referente à Lei de Anistia será tomada pela ministra Damares Alves.

A Lei, criada em 2002 no fim do governo FHC, prevê indenizações para pessoas que tenham sido torturadas pelo regime militar.

Relacionados:  Sem Lula, Bolsonaro seria eleito presidente em 2018 aponta nova pesquisa

Os pedidos passam pela Comissão de Anistia, que elabora pareceres favoráveis ou contrários, e a decisão final fica a cargo do Ministério dos Direitos Humanos.

Além do pedido de Dilma, Damares está realizando um pente-fino em todos os outros requerimentos indenizatórios de anistia concedidos pelo PT.

Relacionados:  "No passado o avião presidencial já transportou drogas em maior quantidade. Alguém sabe o peso do Lula ou da Dilma?"

Informação dO Antagonista