Marco Aurélio defende Lula solto em nome da “paz social”

O Ministro Marco Aurélio, que nesta quarta-feira ordenou que todos os condenados em segunda instâncias, inclusive Lula, sejam soltos. A medida serve para diversos condenados na Lava Jato pois seus casos ainda tem possibilidade de recursos pendentes na Justiça.

Mas as ideias do ministro de colocar Lula em liberdade não são novas e já foram explicitadas desde antes da prisão do petista.

Marco Aurélio já afirmou que Lula preso “poderia incendiar o país”, o que denuncia os planos contra a vontade da população brasileira. Outra frase do ministro e que causou bastante alarde foi afirmar à Folha de S. Paulo que “a prisão do presidente Lula preocuparia a todos em termos de paz social”.