Após eleição de Bolsonaro, Cuba decide sair do programa Mais Médicos no Brasil

O governo de Cuba afirmou que decidiu sair do programa social Mais Médicos no Brasil. O programa firmado em terras tupiniquins, desde 2013, foi uma medida do governo Dilma.

A nota oficial do governo cubano informa que a decisão se deu por “declarações ameaçadoras e depreciativas” do presidente eleito Jair Bolsonaro.

“O Ministério da Saúde Pública de Cuba tomou a decisão de não continuar participando do Programa Mais Médicos e assim comunicou a diretora da Organização Panamericana de Saúde e aos líderes políticos brasileiros que fundaram e defenderam a iniciativa”.

 

Siga-nos no Facebook

4 Comentários em Após eleição de Bolsonaro, Cuba decide sair do programa Mais Médicos no Brasil

  1. OS MÉDICOS DE CUBA JÁ DEVIAM SAIR DO BRASIL E NÃO VOLTAREM, POIS PARTE DO QUE RECEBEM ENVIAM PARA O GOVERNO DITATORIAL COMUNISTA, OS MESMOS NÃO TÊEM CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL PARA EXERCER ESTA DIGNA PROFISSÃO. VOLTEM PARA A ILHA (CUBA) E SEJAM FELIZES LÁ NAQUELA MISÉRIA. VÃO SENTIR MUITA SAUDADE DESTA LIBERDADE E DO BRASIL!!!!!. ADEUS!!!!!!

  2. Tem muita coisa esquisita nesse caso de Cuba.
    Serão médicos mesmo?
    Como pode um país pequeno desse ter 20 mil médicos sobrando?
    Isso não foi uma transferência de dinheiro para Cuba, talvez, guardar para os petistas?

  3. Estive pensando sobre esta situação:
    Vieram para o Brasil no inicio do plano 18 Mil médicos ou supostos médicos, ou semi médicos, ou agentes Cubanos disfarçados de medico;
    Já no mesmo ano, vários se desertaram e foram para outros países; logo penso que lá em Cuba, várias pessoas vão para a área da medicina, para poder conhecer outros mundos.
    Dos 18 mil restaram 8000 mil, onde 154 a 300 entraram na justiça do Trabalho para ganhar igual aos Brasileiros, mas não querem fazer o Revalia !
    Foram alocados nas chamadas periferias e comunidades ribeirinhas; logo penso. Onde Brasileiros médicos não querem , o que é lamentável; mas é ai o terreno fértil para o Socialismo e Comunismo implantar suas ideologias.
    Solução ! não será fácil após 16 anos de PT dilapidando as Universidades Públicas, desconstruindo a Educação; então como são públicas, sustentadas pelo povo e não a estes bandos de baderneiros, o Governo afastar reitores e tudo de ruim ali, e restabelecer5 o ensino para quem quer ser médicos, engenheiros e tec…
    Como Cuba mandou semi médicos, os alunos do último ano de medicina, sob comando do exercito assumir os 3000 municípios que os Cubanos estavam.
    Poque os Cubanos não querem ganhar 14.500,00 mês após fazer o Revalia! ? os que fizerem ficam amparados, Bolsonaro já disse isso.
    Então estejam preparados para Globo, Folha, Estadão, Veja fazer o Mi Mi Mi a favor da esquerda Brasileira; mas temos que dar tempo para reconstruir a Educação e formação,
    Enquanto isso exercito assume o mais médicos.

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.