Roger Waters zomba da lei e faz propaganda política em seu show

O músico inglês Roger Waters ao passar por Curitiba foi recomendado que não emitisse opinião política durante o show neste sábado no estádio Couto Pereira.

O alerta veio direto da Justiça Eleitoral, pois a prática de propaganda política a partir das 22 horas de sábado (27) é considerada ilegal.

O músico no entanto resolveu fazer. No último minuto, Roger usou o telão para projetar mensagens de cunho político e encerrou com a frase “ele não”.

A plateia, parte favorável, mas majoritariamente a favor de Bolsonaro vaiou e bradou “mito”. Roger esperava lacrar, mas esqueceu que estava na República de Curitiba.

Siga-nos no Facebook

8 Comentários em Roger Waters zomba da lei e faz propaganda política em seu show

  1. Espero que os produtores dessa turnê “sapiens” sejam investigados, especialmente quanto à origem do Cachê de R$90 milhões que ele teria recebido!! #ForaWaters.

  2. É CRIME!!! TEM QUE PRENDER E PROIBIR A SUA SAÍDA DO PAÍS, SEM QUE SEJA APURADA A RESPONSABILIDADE DE QUEM ESTÁ BANCANDO TUDO ISSO!!!

  3. Aplica-se uma multa por desobedecer o sistema e uma pena de uma semana com uma fiança bem gorda para ele entender que já não somos mais os mesmo como nossos pais e as aparências não enganam não

Deixe uma resposta

error: