Os defensores dos ‘direitos trabalhistas’ que recebem como PJ para fugir da CLT

Na entrevista realizada com Bolsonaro, William Bonner e Renata Vasconcellos bateram firme na tecla dos direitos trabalhistas, implicando que o candidato explicasse quais dos “maravilhosos direitos” seriam cortados em seu governo.

O mais engraçado é que ambos recebem como Pessoa Jurídica, justamente para fugir da CLT.  William Bonner é sócio de duas empresas, Tigris Produções Artisticas Eireli fundada em 1987, 09 meses depois de ser contratado pela Globo, e a Jumacla Participações LTDA, aberta há menos de 1 ano. Renata possui apenas uma Pessoa Jurídica aberta, chamada de Apress Divulgação e Promoções LTDA, fundada em 1997 quando a apresentadora iniciou sua carreira na Globo, apresentando o Jornal Hoje.

Siga-nos no Facebook

1 Comentário em Os defensores dos ‘direitos trabalhistas’ que recebem como PJ para fugir da CLT

  1. Está mais que evidente que essa pouca vergonha pra fugir dos impostos que são cobrados do desgracado do trabalhador classe média, tem levado a casta da Globo ir com tudo pra cima de Bolsonaro, que prometeu que se eleito, reverá essa prática vergonhosa que tem sobrecarregado os pobres mortais, com a aprovação dessa Receita Federal conivente, corporativista e e tão corrupta quanto, que não se envergonha que trucidar o empregado e fazer vista grossa pra essa bandalheira.

Deixe uma resposta

error: